Saiba como realizar a recarga do Cartão Bem Legal

A tecnologia veio para proporcionar mais praticidade e conforto à população. Pensando nisso, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) oferece duas opções em plataformas digitais onde os usuários do transporte urbano de Maceió podem realizar a recarga do Cartão Bem Legal nas modalidades Cidadão e Escolar, sem precisar sair de casa.

A primeira opção pode ser encontrada no site de serviços da SMTT. Ao entrar no portal www.smttmaceio.com.br, o cidadão pode acessar o link para recarregar o Bem Legal na área de transportes coletivos. Logo após, basta escolher a modalidade do bilhete eletrônico e realizar um cadastro com os dados pessoais para iniciar o processo de pagamento.

Após a emissão do boleto, o maceioense poderá efetuar o pagamento do documento por meio do aplicativo do banco de preferência, sem precisar enfrentar filas. É importante ressaltar também que o usuário deve aguardar o prazo de até 72 horas para que os créditos sejam disponibilizados no cartão.

Já o usuário do transporte público de Maceió que possuir o aplicativo CittaMobi instalado no smartphone, poderá optar por mais esta opção de recarga. Após cadastrar o Cartão Bem Legal na plataforma, será preciso acessar o menu e escolher a modalidade da passagem, o valor de preferência e realizar o pagamento por meio do cartão de crédito. A quantia a ser creditada terá o prazo de até 48h para ser disponibilizada no bilhete eletrônico. Nesta modalidade, uma taxa no valor de R$ 3,65 em cima da recarga será cobrada para auxiliar na manutenção do serviço.

“Atualmente é muito difícil encontrar algum serviço que não possa ser realizado através do smartphone, e com o transporte urbano não seria diferente. Ter a possibilidade de realizar a recarga do Cartão Bem Legal via internet é uma grande vantagem para os usuários, pois facilita muito nos momentos em que o cidadão não tem tempo de se dirigir a um dos postos de recarga, além de ser muito mais cômodo, já que ele poderá fazer tudo isso apenas com o celular na mão”, afirmou a diretora do Sistema Integrado de Mobilidade de Maceió (SIMM), Paula Isanelle.

03/02/2020